CARTA ABERTA DOS HOMENS – COPA 2010

Queridas esposas, noivas, namoradas, filhas, sobrinhas, primas, tias,
amigas, colegas ou qualquer criatura do sexo feminino:
Divulgamos, com meses de antecedência, as 13 regras para a Copa de 2010
para que vocês leiam com calma, entendam e não nos perturbem.

1. Durante a Copa, a televisão é minha, 100% minha, o tempo todo. Sem
exceção nem discussão.

2. De 9 de junho a 9 de julho de 2010, você deverá ler a seção de
esportes do jornal de modo a se manter a par do que se passa com respeito à
Copa do Mundo, o que lhe permitirá participar das conversas. Caso não
proceda desta maneira, você será olhada com maus olhos, ou mesmo ignorada
por completo. Neste caso, não reclame por não receber nenhuma atenção.

3. Se você precisar passar em frente à TV durante um jogo, eu não me
importarei, contanto que o faça rastejando e sem me distrair.

4. Durante os jogos eu estarei cego, surdo e mudo, exceto nos casos em
que eu solicite que me encha o copo de cerveja, ou peça a você a gentileza
de me trazer algo para comer. Você estará fora de si se achar que irei
ouví-la, abrir a porta, atender o telefone ou pegar nosso bebê que possa ter
caído no chão… não vai acontecer.

5. É uma boa idéia manter pelo menos 2 caixas de cerveja na geladeira o
tempo todo, bem como razoável variedade de tira-gostos e belisquetes. E, por
favor, não faça cara feia para meus amigos quando eles vierem assistir jogo
aqui em casa comigo. Como recompensa, você estará a assistir TV entre
meia-noite e seis da manhã, a menos, é claro, que neste período haja a
reprise de algum jogo que eu tenha perdido durante o dia.

6. Por favor, por favor, pooor faaaavor! Se me vir contrariado por algum
time de meu interesse estar perdendo, NÃO DIGA coisas como “Ah, deixa isso
pra lá, é só um jogo…” ou “Não se preocupe, eles vão ganhar da próxima
vez…” Se disser coisas desse tipo, só me deixará com mais raiva e vou
amá-la menos. Lembre-se, você jamais saberá mais sobre futebol do que eu e
suas supostas “palavras de encorajamento” apenas nos levarão a problemas no
casamento.

7. Você será bem-vinda a sentar-se comigo para assistir um jogo e poderá
me dirigir a palavra no intervalo entre o 1º e o 2º tempos, mas apenas
durante os comerciais e (importante) APENAS se o placar do primeiro tempo
tiver sido do meu agrado. Favor notar também que especifiquei UM jogo, ou
seja, não use a Copa do Mundo como pretexto mimoso para aquela coisa de
“passarmos tempo juntos”.

8. Os repetecos dos gols são muito importantes.
Não importa se já vi o gol ou não, eu quero ver novamente. Muitas vezes.

9. Não perturbe a mim ou meus amigos perguntando sobre as regras do
futebol.
Olhe o jogo e finja que está entendendo. Pule e grite quando eu pular e
gritar. Nunca, jamais pergunte como funciona a regra do IMPEDIMENTO. Você
não entenderá.

10. Avise suas amigas para no mês da Copa não darem à luz nenhum neném, ou
mesmo promover qualquer evento, de qualquer natureza, que exijam minha
presença, porque:
1) Eu não vou;
2) Eu não vou, e
3) Eu não vou.

11. No entanto, se um amigo meu nos convidar para ir à casa dele num
domingo para assistir um jogo, iremos de imediato.

12. As resenhas e debates esportivos da Copa toda noite na TV são tão
importantes quanto os jogos propriamente ditos. Que nem lhe passe pela
cabeça dizer coisas como “Mas você já viu isso tudo…. porque não muda para
um canal que todos possamos assistir?” Se disser algo assim, saiba desde já
que a resposta será: “Veja a regra nº 1 dessa lista”.

13. E, finalizando, por favor poupe-me de expressões como “Ainda bem que
só tem Copa do Mundo de quatro em quatro anos”. Estou imune a manifestações
dessa natureza, pois após a Copa vêm a Liga dos Campeões, a Sub20, o
campeonato italiano, o espanhol, o alemão, o brasileirão, o cariocão, o
paulistão, o mineirão, etc.

Grato por sua cooperação,

Assinado:
Todos os Homens NORMAIS do Mundo!!!

Anúncios