Super quarta do futebol

E a quarta-feira foi de decisões pelo Brasil.

Pela Copa do Brasil, Santos e Vitória são os finalistas.

Na Vila Belmiro, o time santista venceu o Grêmio pelo placar de 3a1. O tricolor gaúcho iniciou muito bem a partida, dominando as ações na primeira etapa. Na volta do intervalo, Ganso arriscou de longe e marcou um golaço. Robinho fez 2a0. Rafael Marques descontou para o Grêmio que foi para cima em busca do empate, resultado que garantiria sua classificação. Mas em um contra ataque mortal, Wesley fechou o placar e decretou a eliminação do time gaúcho.

No Barradão, o Vitória goleou o Atlético-GO por 4a0, com destaque para o atacante Júnior que marcou duas vezes. Com o resultado a equipe baiana garantiu vaga na final da competição, que será realizada somente depois da Copa do Mundo.

Pela Libertadores da América, o São Paulo confirmou a classificação com nova vitória de 2a0 sobre o Cruzeiro no Morumbi e garantiu vaga nas semi-finais. Lamentável a expulsão do atacante Kléber do Cruzeiro, com um minuto de jogo. Acabou prejudicando e as pretensões da equipe mineira na partida.

No vídeo você confere os gols da noite:

Hoje mais dois confrontos decisivos pela Taça Libertadores.

O Internacional vai até a Argentina onde enfrenta o atual campeão, o Estudiantes. O time gaúcho joga com a vantagem de poder perder por até um gol de diferença, desde que marque gols no campo adversário. O empate também favorece o time colorado. Já o Estudiantes deve vencer por 2 gols de diferença, ou por 1a0, levando a decisão para os pênaltis.

Já no Chile, o Flamengo enfrenta a equipe do Universidad do Chile. Como perdeu o primeiro jogo no Brasil por 3a2, o time carioca precisa vencer por 2 gols de diferença.

Mais uma noite de grandes jogos envolvendo os times brasileiros. E para você, quais serão os times classificados? Faça sua aposta, deixe o seu comentário no blog do PFC.

Um abraço

Luís Eduardo/DUDU77

Anúncios

Grêmio vence o Santos em jogo do ano no Estádio Olímpico

Era para ser assim. Mais uma vez, o Grêmio mostrou que quando o assunto é Copa do Brasil o clube tem credenciais de sobra a se candidatar ao título da competição. Em uma virada histórica o time comandado pelo treinador Silas derrotou a habilidosa equipe do Santos. Após sair perdendo por 2 x 0, o treinador tricolor voltou atrás no esquema 3-5-2 e armou o time no esquema que vinha dando certo, o 4-4-2. O time mudou da água para o vinho. Graças ao goleiro Felipe que defendeu um pênalti muito mal batido pelo mestre Jonas o Santos foi para o intervalo com o resultado a favor. E foi só. Novamente o grande trunfo do Grêmio foi a volta do vestiário. Aos 12 min Borges arrematou e deu início a virada histórica. A essa altura as arquibancadas do Olímpico tremiam, a torcida alucinada entoava os cânticos da geral e logo em seguida veio o segundo gol, também assinalado pelo atacante Borges. Jonas fez o terceiro gol tricolor aos 22min e o quarto gol saiu aos 31 min dos pés de Borges. O Santos ainda mostrou seu poder de fogo descontando com Robinho no final da segunda etapa. No geral, por parte do Grêmio, destaco a atuação de Adílson, um gigante no meio de campo do Grêmio, Borges, que passa por excelente momento profissional, o zagueiro Rodrigo e a torcida que fez toda a diferença neste jogo sensacional. Por parte do Santos, destaque para André, autor de 2 gols da equipe santista e Paulo Henrique Ganso, jogador diferenciado e que merecia estar na Copa do Mundo.

Fato inusitado:

Após a partida o jogador Robinho foi até a torcida gremista e aplaudiu o apoio que foi dado aos jogadores gremistas. É o reconhecimento do adversário no que tem sido o grande diferencial do Grêmio nas partidas em seu mando de campo.