ERA UMA VEZ…NO YOKOHAMA STADIUM

Os números não mentem e impressionam: 768 passes dos espanhóis, 73% de posse de bola e 17 finalizações. No jogo, Xavi e Iniesta deram 110 passes cada. Xavi acertou 108 e Iniesta 107. Busquets teve 66 acertos em 66 passes. Enquanto isso, pelo lado Santista os números são bem mais modestos: 27% de posse de bola, 233 passes. Ganso e Neymar, as grandes estrelas do time da Vila mais famosa do mundo, tocaram na bola 23 vezes cada.

Mas estes números fantásticos não acontecem por acaso. São consequência de uma filosofia de jogo implantada lá na década de 80 e que começa nas escolinhas do clube, quando garotos promissores são buscados com suas famílias de todas as partes do mundo e lá são desde então já moldados a um estilo de jogar futebol. O Barça raramente compra craques, ele os “fabrica” para que joguem do seu jeito. Não há chutão, a bola desliza pelo campo de pé em pé, todos chegando à frente em condições de finalizar. Mas também há o comprometimento com a marcação, e dele nem o craque Lionel Messi escapa. Num time que prioriza a posse de bola, esta é uma responsabilidade de todos.

E então concluímos que a maneira como todos os outros times praticam o futebol está errada? Não, claro que não. Mas, como em tudo na vida, há que se evoluir. E isto envolve também toda uma questão cultural. Aqui no Brasil, por exemplo, um técnico não resistiria no cargo sem pelo menos um atacante de ofício no seu time. E o time de Guardiola, muito freqüentemente, joga sem atacantes, mas isto,é claro, sendo suprido pelo alto nível da qualidade dos seus comandados.

Ainda que possamos imaginar que o Santos poderia ter feito um enfrentamento menos desigual, o problema não está no Santos. Aliás, qualquer time do mundo sucumbiria, inapelavelmente, neste momento, no duelo com o time catalão. E que me desculpem meus amigos colorados, inclusive o Inter de 2006.

Olhando o Barcelona jogar, concluímos que o futebol pode ser jogado com técnica, leveza e sem violência. Como é simples e prazeroso jogar futebol, não é mesmo?

Luis Goelzer – DEDE2005

Anúncios

Um comentário sobre “ERA UMA VEZ…NO YOKOHAMA STADIUM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s