Uma quinta-feira cinzenta e triste

A saída de Renato não me parece um ato coerente. Renato está saindo justamente no momento em que os reforços tão esperados começam a entrar em campo.

Na verdade, esta é uma decisão pessoal de Paulo Odone, pois Renato não era o “eleito” do Presidente. Ele foi contratado pela Diretoria anterior, e para não se indispor com a torcida teve que digerir Portaluppi no cargo.

Só que Renato, com as suas manifestações polêmicas e com forte influência sobre a torcida, era um risco iminente à Diretoria.

Mas agora, passados alguns meses, na primeira crise técnica do time, ao invés de assumir a incompetência da sua Diretoria de Futebol (leia-se Antonio Vicente Martins, aquele mesmo dos tempos trágicos da parceria com a ISL), Odone não exitou em provocar a demissão de Renato.

E, mesmo tendo o apoio de mais de 70% da torcida, o maior Ídolo Gremista deixa o comando técnico do Tricolor.

Definitivamente, o atual mandato de Paulo Odone Ribeiro está se mostrando decepcionante.

Só esperamos que ele aproveite o momento de mudanças para também extirpar lá do Olímpico estes dirigentes medíocres e sem a mínima condição de comandarem os destinos de um Clube com a grandeza do Grêmio.

 Por Luís Goelzer – DEDE2005

–          –          –          –          –

E você torcedor, o que tem a dizer sobre a saída do ídolo Renato Portaluppi? Deixe seu comentário, participe!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s