Uma quinta-feira cinzenta e triste

A saída de Renato não me parece um ato coerente. Renato está saindo justamente no momento em que os reforços tão esperados começam a entrar em campo.

Na verdade, esta é uma decisão pessoal de Paulo Odone, pois Renato não era o “eleito” do Presidente. Ele foi contratado pela Diretoria anterior, e para não se indispor com a torcida teve que digerir Portaluppi no cargo.

Só que Renato, com as suas manifestações polêmicas e com forte influência sobre a torcida, era um risco iminente à Diretoria.

Mas agora, passados alguns meses, na primeira crise técnica do time, ao invés de assumir a incompetência da sua Diretoria de Futebol (leia-se Antonio Vicente Martins, aquele mesmo dos tempos trágicos da parceria com a ISL), Odone não exitou em provocar a demissão de Renato.

E, mesmo tendo o apoio de mais de 70% da torcida, o maior Ídolo Gremista deixa o comando técnico do Tricolor.

Definitivamente, o atual mandato de Paulo Odone Ribeiro está se mostrando decepcionante.

Só esperamos que ele aproveite o momento de mudanças para também extirpar lá do Olímpico estes dirigentes medíocres e sem a mínima condição de comandarem os destinos de um Clube com a grandeza do Grêmio.

 Por Luís Goelzer – DEDE2005

–          –          –          –          –

E você torcedor, o que tem a dizer sobre a saída do ídolo Renato Portaluppi? Deixe seu comentário, participe!!!

Anúncios

Palpiteiros vence Barcelona e mantém boa fase

Na tarde de sábado, dia 25 de junho, o Palpiteiros F. C. entrou em campo novamente e manteve a excelente fase que está atravessando. Desta vez venceu a equipe do Barcelona pelo placar de 12 x 4. O jogo teve todos os ingredientes de um jogo de Campeonato Gaúcho. Chuva, campo embarrado e muito frio. O Palpiteiros não se intimidou com estas adversidades e venceu mais uma.

Nesta partida o Palpiteiros utilizou os seguintes jogadores: Douglas, Luis Eduardo, Gabriel, Cristiano, Diego, Juarez, Mauricio, Heric e Lucas.

Os gols do Palpiteiros foram marcados por Mauricio (2), Heric, Diego (3), Luis Eduardo (2), Lucas (2), Juarez e Cristiano.

Por Daniel Pereira – DANE29

–          –          –          –          –          –          –

NINGUÉM PARA ESSE TIME

Como diz Pedro Ernesto Denardin, esse time é demaaaaaiiisss! Na tarde do sábado passado, dia 25 de junho, o Palpiteiros FC entrou em campo para sua 9ª vitória consecutiva, jogando um futebol com alegria, garra, técnica e tática apurada, fez um amplo placar de 12 vs 4 sobre o famoso e temido Barcelona.

                Apesar do tempo chuvoso e o gramado da Citroen Arena estar em situações precárias, os Palpiteiros souberam se adequar as situações e tirar proveito das bolas aéreas e da individualidade.

Outro fator determinante para a vitorias foi à volta do técnico Daniel, depois das férias merecidas e não planejadas, retomou o comando e a confiança da equipe, onde compartilhou sua experiência e conhecimento para que pudéssemos enfrentar o invencível Barcelona com um sistema sólido e compacto.

Por Maurício Reinicke – GUDJHONSEN

–          –          –          –          –          –          –